Procedimento restaurador de lesão cervical não cariosa com resina flow unicromática

Autores: Andreia Luiza Gabriel e Felipe Pinto Paredes Rodrigues

Gênero e idade do paciente

Paciente do sexo feminino, 58 anos.

Queixa principal

Desconforto estético e sensibilidade dolorosa ao ingerir alimentos gelados.

Avaliação inicial

Após a anamnese completa, durante o exame clínico foi observado na face vestibular do elemento 23 uma lesão cervical não cariosa, sem presença de biofilme dental e ausência de processo inflamatório no tecido gengival circundante. O teste de estímulo de hipersensibilidade dentinária (HD) realizado com jatos de ar, mostrou sensibilidade moderada nessa região.

Tratamento executado

A conduta clínica adotada foi a realização de restauração adesiva com a resina Vittra APS Unique Flow no elemento 23 com o objetivo de reduzir a severidade da LCNC, prevenindo perdas adicionais da estrutura dental. O isolamento absoluto modificado do campo operatório foi executado devido à maior facilidade de acesso ao término cervical da lesão e pela menor chance de injúrias gengivais. Após a profilaxia e inserção do fio retrator, o condicionamento ácido seletivo em esmalte foi feito com ácido fosfórico a 37 (Condac 37) por 15 segundos. A aplicação do sistema adesivo Ambar Universal APS foi efetuada, com auxílio de um microaplicador descartável (Cavibrush), conforme a indicação do fabricante.

A aplicação do material restaurador foi realizada pela técnica incremental com fotoativação de 20 segundos por incremento. Após a conclusão da restauração, a remoção do excesso de resina foi feita com broca diamantada de granulação fina. O acabamento e o polimento foram realizados com a sequência de discos de lixa Diamond Pro, espirais de borracha e disco de filtro Diamond Flex
com pasta diamantada Diamond Excel. O tratamento proposto mostrou efetividade na redução da sensibilidade do elemento dental. Além disso, o procedimento restaurador proporcionou uma diminuição da formação de áreas de retenção de biofilme bacteriano.

Figura 1 Aspecto Inicial do dente 23 com Lesão cervical não cariosa
Figura 1 Aspecto Inicial do dente 23 com Lesão cervical não cariosa

 

Figura 2 Condicionamento ácido seletivo em esmalte com Condac 37 (FGM)
Figura 2 Condicionamento ácido seletivo em esmalte com Condac 37 (FGM)

 

Figura 3 Aplicação do Sistema Adesivo Ambar Universal APS (FGM) em esmalte e dentin
Figura 3 Aplicação do Sistema Adesivo Ambar Universal APS (FGM) em esmalte e dentina

 

Figura 4 Aplicação da resina Vittra APS Unique Flow (FGM)
Figura 4 Aplicação da resina Vittra APS Unique Flow (FGM)

 

Figura 5 Aspecto do incremento antes da fotoativação. Note a coloração branca da re
Figura 5 Aspecto do incremento antes da fotoativação. Note a coloração branca da resina.

 

Figura 6 Aspecto do incremento após a fotoativação, mimetizando a cor do dente
Figura 6 Aspecto do incremento após a fotoativação, mimetizando a cor do dente

 

Figura 7 Remoção de excessos com broca diamantada de granulação fina
Figura 7 Remoção de excessos com broca diamantada de granulação fina

 

Figura 8 Acabamento realizado com a sequência de discos Diamond Pro (FGM)
Figura 8 Acabamento realizado com a sequência de discos Diamond Pro (FGM)

 

Figura 9 Polimento realizado com espirais de borracha
Figura 9 Polimento realizado com espirais de borracha

 

Figura 10 Polimento realizado com espirais de borracha
Figura 10 Polimento realizado com espirais de borracha

 

Figura 11 Polimento final com pasta diamantada Diamond Excel (FGM) e disco de feltr
Figura 11 Polimento final com pasta diamantada Diamond Excel (FGM) e disco de feltro

 

Figura 12 Aspecto final da restauração com Vittra APS Unique Flow (FGM)
Figura 12 Aspecto final da restauração com Vittra APS Unique Flow (FGM)

Resumo

Envie seu caso clínico
Treinamento online e gratuito

Posts mais recentes

Email
LinkedIn
Telegram
Facebook
Envie seu caso clínico
Treinamento online e gratuito

Outros artigos do blog

plugins premium WordPress

Selecione seu idioma

Select your language