Complicações de implantes dentários: o que você precisa saber

Os implantes dentários são uma ótima opção para substituir os dentes perdidos. Eles são feitos de titânio, um metal que é perfeitamente integrado ao osso. Isso permite que os implantes suportem próteses dentárias, como coroas, pontes e dentaduras.

No entanto, assim como qualquer procedimento cirúrgico, os implantes dentários também podem estar associados a algumas complicações. Estas incluem:

  • Infecção: a infecção é a complicação mais comum após um implante dentário. Ocorre em cerca de 1% a 5% dos casos. Os sintomas de uma infecção incluem dor, inchaço, vermelhidão e pus na área do implante.
  • Perda do implante: a perda de um implante dentário é uma complicação rara, mas pode ocorrer se o implante não for colocado corretamente ou se o paciente não seguir as instruções do dentista.
  • Hemorragia: a hemorragia é outra complicação rara após um implante dentário. Ela geralmente é leve e desaparece por conta própria.
  • Dor: a dor é uma complicação comum após um implante dentário. Ela geralmente é leve e desaparece por conta própria em alguns dias. No entanto, em alguns casos, a dor pode ser mais intensa e exigir o uso de analgésicos.
  • Sensibilidade: a sensibilidade é outra complicação comum após um implante dentário. Ela geralmente é leve e desaparece por conta própria em alguns meses. No entanto, em alguns casos, a sensibilidade pode ser mais intensa e exigir o uso de analgésicos ou géis dessensibilizantes.
  • Doença periimplantar: a doença periimplantar é uma condição que afeta a gengiva e o osso ao redor do implante dentário. Ela é causada por bactérias que se acumulam na superfície do implante. Os sintomas da doença periimplantar incluem sangramento gengival, inchaço, vermelhidão e dor na área do implante.

Se você está considerando fazer um implante dentário, é importante conversar com seu dentista sobre os riscos e benefícios do procedimento. Seu dentista também poderá lhe fornecer instruções sobre como reduzir o risco de complicações.

Figura 5: Instalação do implante ARCSYS FGM, foi utilizada subfresagem e o implante teve um travamento inicial acima de 40 N.

O que você pode fazer para reduzir o risco de complicações?

Existem algumas coisas que você pode fazer para reduzir o risco de complicações após um implante dentário:

  • Escolha um dentista experiente e qualificado.
  • Siga as instruções do seu dentista cuidadosamente.
  • Mantenha uma boa higiene bucal.
  • Pare de fumar.
  • Controle o diabetes.
  • Controle a pressão arterial.
  • Controle a doença periodontal.

Ao seguir estas dicas, você pode ajudar a garantir que seu implante dentário seja um sucesso.

Treinamento online e gratuito

Posts mais recentes

Email
LinkedIn
Telegram
Facebook
Treinamento online e gratuito

Outros artigos do blog

plugins premium WordPress

Selecione seu idioma

Select your language

Shop FGM Implants

Componentes Arcsys, Vezza e Fluxo Digital até 60% OFF, promoções em Brocas, kit cirúrgicos e muito mais.