Após o clareamento é essencial escolha uma boa escova dental

Dentes escuros podem esconder um belo sorriso. O clareamento pode ser uma boa alternativa, mas o uso de uma escova dental com mais de cinco mil cerdas é fundamental para manter o procedimento por muito tempo.

Segundo o professor em Odontologia da Uniban (Universidade Bandeirante de São Paulo), Hugo Lewgoy, existem diversos procedimentos que podem clarear os dentes e dar um upgrade no sorriso.

Nos tratamentos clareadores profissionais, realizados no consultório odontológico, pode-se ou não utilizar diferentes fontes luminosas como luzes do tipo Halógena, Led, Arco de Plasma ou Laser. Até mesmo o uso de um gel clareador oxidante fraco, que pode ser aplicado em casa, é uma boa alternativa de tratamento.

Porém, independentemente da técnica escolhida, esta deve ser feita sempre com o acompanhamento e total supervisão de um cirurgião-dentista.

Para prolongar os efeitos do clareamento dental, afirma o professor, após o tratamento deve ser realizada uma higiene oral minuciosa. Em uma recente pesquisa realizada no programa de Pós-Graduação da Uniban verificou-se que a opção por um certo kit de higienização (com escovas dentais com uma grande quantidade de cerdas, escovas interdentais de qualidade e escovas do tipo unitufo) pode auxiliar a preservação do clareamento.

No tratamento, geralmente, são aplicados produtos oxidantes (peróxidos em diferentes concentrações), que penetram no esmalte do dente. Com a liberação do oxigênio, ocorre a quebra das moléculas dos pigmentos causadores das manchas. “Por isso, é importante uma escova dental ultramacia, com grande quantidade de cerdas”.

Desta forma, “ela não vai agredir o esmalte que recebeu o produto clareador, proporcionando uma desorganização efetiva da placa bacteriana com maior suavidade, sem desgastar o esmalte ou machucar as gengivas. Por conseqüência, os dentes vão ficar por muito mais tempo ‘claros’”, explica o Dr. Lewgoy.

Os dentes podem ficar escuros devido a várias causas, como por exemplo, o hábito do fumo ou a ingestão frequente de substâncias como o café, chá, vinho tinto, alguns tipos de refrigerantes e condimentos corantes. Também o excesso de flúor, alguns tipos de antibióticos ou fatores hereditários podem ocasionar alterações na cor dos dentes.

Fonte: www.band.com.br

Resumo

Treinamento online e gratuito

Posts mais recentes

Email
LinkedIn
Telegram
Facebook
Treinamento online e gratuito

Outros artigos do blog

plugins premium WordPress

Selecione seu idioma

Select your language