Calendar icon

23/03/2021

Caso clínico de Overdenture Arcsys

Autores Thiago Roberto Gemeli e Rafael Cecato

O uso de próteses totais é extremamente difundido na população brasileira. Elas constituem uma alternativa de fácil acesso no tratamento do edentulismo e, na maioria de suas aplicações, possibilitam a reabilitação funcional e estética desejada pelos pacientes. Contudo, relatos associados à suas desvantagens não são incomuns, estando principalmente associados à facilitada soltura e perda da eficiência mastigatória. Isso ocorre principalmente em decorrência da perda de volume anatômico e desgaste funcional desses dispositivos. Assim,  essas intercorrências tendem a aumentar com o passar dos anos, de modo a comprometer a retenção da prótese, que em algumas situações pode ser severamente afetada, prejudicando consideravelmente a qualidade de vida desses usuários.

Uma das alternativas para aumentar a retenção das próteses totais é ancorá-la sobre alguns implantes. Diferentemente de próteses totalmente implanto-suportadas (protocolos), as próteses implanto-muco-suportadas (overdentures) mantém um íntimo contato com tecidos orais. Seus diferenciais estão associados a um menor número de implantes dentários para ancoragem, bem como ao baixo custo envolvido para sua execução em comparação aos protocolos.

Além disso, diferentemente dos protocolos, as overdentures nem sempre exigem a confecção de uma nova prótese. Por vezes é possível adaptar a prótese total do paciente aos implantes que serão instalados, cabendo ao cirurgião-dentista a avaliação e estipulação desses critérios (tempo de uso, nível de desgaste e adaptação, estética, interesse do paciente, etc.).

Para exemplificar essa condição, segue o relato de um caso clínico:

Paciente do sexo feminino, 53 anos, compareceu à clínica odontológica particular no intuito de elevar a retenção da prótese total inferior que usava. A paciente relatou histórico de ter feito o dispositivo a menos de um ano, mas que o mesmo não possuía estabilidade suficiente quando submetido à função mastigatória. Foram instalados 2 implantes Arcsys na região mentual, que, após osseointegrados, permitiram o acoplamento de componentes protéticos tipo mini pilares. Sobre estes, foram adaptadas cápsulas basculantes e em seguida houve a  captura das mesmas pela própria prótese da paciente, com auxílio de resina acrílica ativada quimicamente. 

As etapas clínicas obedeceram a seguinte ordem:

  • Avaliação tomográfica inicial
  • Regularização de rebordo
  • Perfuração única para instalação dos implantes Arcsys

O Sistema Overdenture da FGM permite a estabilização de próteses totais com sobrevantagem em relação a outros sistemas disponíveis no mercado, em virtude, principalmente, da possibilidade dos componentes protéticos personalizáveis possibilitarem eixos mais paralelos entre si, bem como da mobilidade basculante das cápsulas overdentures smart. A associação dessas características ímpares nesse segmento permitem melhores condições biomecânicas, favorecendo a usabilidade e, ao que tudo indica, promover maior longevidade do mecanismo retentor.

Slide1

Tomografia Inicial

Regularização De Rebordo

Regularização de rebordo

Perfuração única Para Instalação Dos Implantes Arcsys

Perfuração única para instalação dos implantes Arcsys

Slide4

Instalação dos Mini Pilares sobre Implantes Arcsys. a) Vista frontal; b) Vista oclusal.​

Slide5

Instalação dos Parafusos Overdenture Smart Arcsys.​

Slide6

Instalação dos Discos de Proteção Overdenture Smart​

Slide7

Encaixe das Cápsulas Overdenture Smart sobre os Parafusos Overdenture Smart Arcsys.​

Slide8

Prótese total inferior. a) Vista oclusal; b) Vista inferior.​

Slide9

Confecção de nichos para alocar as Cápsulas Overdenture Smart.​

Slide10

Vista inferior da prótese, após captura das cápsulas e preenchimento dos nichos com resina acrílica ativada quimicamente (RAAQ).​

Slide11

No detalhe, vista inferior da prótese após a captura das cápsulas e preenchimento dos nichos com RAAQ. Observe a presença dos retentores laboratoriais (polímero preto), utilizados para proteção das câmaras internas das cápsulas.​

Slide12

Ferramenta para retentor overdenture, utilizada para extrair Retentores Overdenture Laboratoriais e inserir Cápsulas Overdenture Smart.​

Slide13

Para remover o Retentor Overdenture Laboratorial, aprisone-o com a ferramenta de extração (A) e promova um movimento de alavanca (B). Esta manobra permitirá o acesso à câmara interna da Cápsula Overdenture Smart (C). Importante: Remova o retentor somente após a completa cura da RAAQ. ​

Slide14

Promova o acoplamento do Retentor Overdenture Smart na extremidade da ferramenta insersora (D,E,F)

Slide15

Encaixe o Retentor Overdenture Smart, sob pressão, na câmara interna da Cápsula Ovendenture Smart.​

Slide17

Vista em detalhe do retentor forte devidamente acoplado na Cápsula Overdenture Smart, previamente ao acabamento e polimento da região.​

Slide18

Prótese total implanto-muco-suportada adaptada no paciente.​